Venezuela: Análise de James Petras sobre as eleições

 

“Como Chávez representa realmente a consciencia social das grandes maiorias na América Latina será sempre um elemento decisivo para definir a independencia em relação ao imperialismo estadunidense. É isso que se está jogando nas eleições da Venezuela”,

Sociólogo estadunidense James Petras, na Rádio Centenário do Uruguai.

Petras afirmou que tudo indica que Chávez triunfará nas eleições de 7 de outubro e a que direita está operando com apoio dos Estados Unidos e tratando de atingir os bairros pobres e favelas no pais.

UMA ELEIÇÃO ESTRATÉGICA PARA A AMÉRICA LATINA E ATÉ ALÉM

Para o sociologo estadunidense as eleições de 7 de outubro terão grande impacto no Continente: “será muito importante nesse momento, porque as eleições na Venezuela vão ter um enorme impacto na América Latina”

Petras agregou que: “Como Chávez representa realmente a consciencia social das grandes maiorias na América Latina ele será sempre um elemento decisivo para definir a independencia em relação ao imperialismo norte-americano. Há muita coisa em jogo e que vai além daquilo que se passar internamente nesse país.”

Nesse sentido indicou: “Chávez cria um fundo de financiamento de projetos sociais na América Latina, gerando investimentos para implementação de Programas de Saúde e Educação, nos paises do Caribe, inclusive nos paises andinos. E, sobretudo, tem feito críticas contundentes ao imperialismo estadunidense e feito esforços no sentido de neutralizar o seu avanço no Uruguai e no Brasil.Por isso as eleições na Venezuela são estratégicas para a América Latina, enfatizou o sociólogo.

GOVERNO BOLIVARIANO, EXEMPLO PARA OS POVOS DO MUNDO.

Para James Petras, o governo Bolivariano chefiado por Hugo Chávez tem sido um exemplo para aos povos do mundo que torcem para encontrar uma saída da crise do capitalismo que afeta o planeta.Conversamos com árabes e muçulmanos do Oriente Médio e esses também falam que querem seguir o exemplo de Chávez que combina independencia, democracia e programas socializantes. “Sería o modelo ideal para eles”, agregou Petras.

Portanto reitero, as eleições na Venezuela não somente terão impactos importantes para o povo venezuelano, senão para todos os povos latino-americanos e para todos os povos em rebelião, da Grécia até ao Oriente Médio.

DIREITA VENEZUELANA RECEBE ORIENTAÇÃO E APOIO ESTADUNIDENSE

Petras afirma que será importante considerar a ajuda milionária que está recebendo a candidatura da direita com o objetivo de diminuir as diferenças percentuais mostradas pelas empresas de pesquisas politicas e onde há uma grande vantagem para o presidente Chávez. Isso não poderá ser negligenciado.

“Nesse sentido devemos considerar como esssa eleição será a mais importante de todas. Felizmente nesse momento as empresas de pesquisa – as mais conceitudas – afirmam que Chávez se encontra na frente de Capriles Radonski, o candidato da direita (apoiado pelos Estados Unidos) e por mais de dois dígitos de diferença”, afirmou

Segundo o sociólogo, a oposição a Chávez mudou a estratégia eleitoral até então adotada e agora está buscando o voto dos setores populares, com ajuda milionária do governo dos Estados Unidos.

“Por exemplo, a AID uma organização supostamente de ajuda está canalizando milhões de dólares para a oposição para que essa faça uma campanha de porta em porta. Essa é a grande mudança, pois com isso a direita tentará penetrar nos bairros mais pobres e com isso fazer campanha contra Chávez. Mas até agora tal estratégia tem conseguido poucos resultados efetivos”, adverte.

*Professor emérito de sociologia na universidade Binghamton de New York.

Últimas publicações: The Arab Revolt and the Imperialist Counter Attack, (Clarity Press, 2011).

Autor também das publicações: A sangrenta estrada para Damasco: A guerra da tripla aliança contra um Estado soberano; Conto de Natal – Maria e José na Palestina em 2010; Que crise económica? Os lucros aumentam!; Os crimes de Guerra de Israel: Do USS Liberty à Flotilha Humanitária; Grécia: A praga de três gerações de Papandreus

http://www.youtube.com/watch?v=jP1HTb6DzvM

Chávez y el frenesí de su pueblo/com música de Sílvio Rodriguez

 

Vamos a andar

Silvio Rodriguez

 

Vamos a andar

en verso y vida tintos

levantando el recinto

del pan y la verdad


vamos a andar

matando el egoísmo

para que por lo mismo

reviva la amistad.


Vamos a andar

hundiendo al poderoso

alzando al perezoso

sumando a los demás


vamos andar

con todas las banderas

trenzadas de manera

que no haya soledad.

Que no haya soledad

Que no haya soledad

Que no haya soledad…


vamos a andar

para llegar a la vida.

Vamos a andar

en verso y vida tintos

para llegar

levantando el recinto.


Vamos a andar

del pan y la verdad

para llegar

matando el egoísmo.


Vamos a andar

para que por lo mismo

para llegar

reviva la amistad.


Vamos a andar

hundiendo al poderoso

para llegar

alzando al perezoso.


Vamos a andar

sumando a los demás

para llegar

con todas las banderas.


Vamos a andar

trenzadas de manera

para llegar

que no haya soledad.

 

http://www.youtube.com/watch?v=jP1HTb6DzvM

Tradução do original: Jacob David Blinder

NOTICIAS ANTICAPITALISTAS