São Paulo: O talentoso Alckmin e o blogueiro “Gravataí Merengue”

Publicidad

A Subsecretaria de Comunicação do Estado de São Paulo, órgão vinculado à Casa Civil do Estado no governo Geraldo Alckmin, gasta cerca de R$ 70 mil por mês há quase dois anos para bancar um blogueiro que mantém sites e perfis nas redes sociais com conteúdo anti-PT.

O advogado Fernando Gouveia, que usa o pseudônimo Gravataí Merengue e se apresenta como executivo principal do site Implicante, é dono da Appendix Consultoria, empresa criada em janeiro de 2013 e que em junho do mesmo ano começou a receber pagamentos oriundos do governo Alckmin por meio da agência de publicidade Propeg, uma das três que cuidam da propaganda do governo estadual.

O Implicante tem perto de 500 mil de seguidores no Facebook e produz material que é replicado nas redes sociais e por outros blogs políticos. O conteúdo, notícias, artigos, vídeos e memes, é exclusivamente negativo ou ofensivo ao PT à presidente Dilma Rousseff e ao ex-presidente Lula.

Segundo notícia da Folha, o governo paulista se recusou a informar o valor total dos pagamentos ao blogueiro, alegando que a responsabilidade pela contratação é da Propeg.

Segundo documentos consultados pelo jornal, a Propeg pagou a Appendix por serviços de «revisão, desenvolvimento e atualização das estruturas digitais» da Secretaria de Estado da Cultura.

Fernando Gouveia já trabalhou com Marta Suplicy e Soninha Francine. Ele também se apresenta na internet como colaborador de uma página chamada Reaçonaria, que difunde conteúdo similar ao do Implicante e tem cerca de 16 mil seguidores no Facebook.

Os dois sites estão abrigados num servidor no e no exterior que impede a identificação do responsável pelos registros. Ele afirmou que suas opiniões pessoais, expressas na internet, não têm relação com as atividades da sua empresa.

Barbara Gancia defende investigação da Polícia Federal sobre o caso.

«Professor paulista ganha, em média, 2 mil por mês para educar. Blogueiro fofoqueiro ganha 70 mil por mês para deseducar politicamente», postou o perfil La Pasionaria, um dos mais ativos no Twitter.

 Este senhorzinho é só um de dezenas. Que bom que eles estão começando a sair à luz do dia.Engraçado verificar que seu site não contém uma só notícia que não seja para demolir o governo Dilma.

Nada contra demolir quem quer que seja, mas que tal ver uma notícia ou outra atacando a oposição de vez em quando?

Ou então, que constasse em algum lugar a informação de que se trata de propaganda paga pelo governo do sr. fulano de tal.

 Afinal, estamos falando de um site que tem domínio «ponto org». A agência de publicidade Propeg é org ou ponto com?

Esse tal blogueiro antipetista @gravz que foi desmascarado aí é um dos tantos que já promoveram trollagem contra mim. É sobre ele e seu grupo que eu vira e mexe reclamo e falo no twitter, aqui, na rádio… Muita gente acha que é delírio, teoria de conspiração, que esse tipo de militância organizadíssima reptiliana e terrorita só existe do lado dos petistas. Pois eu lido com fake e com senhores como esse regularmente. It’s part of the job description como dizem lá em Memphis e Connecticut.

Como também sou forçada a tolerar os anti-capitalistas obtusos, um mais óbvio e crasso do que o outro.

Outras denúncias virão.

Ainda bem que hoje temos uma Polícia Federal e uma Receita capazes de dar conta desse tipo de rastreamento com o pé nas costas, as mãos amarradas, de olhos vendados e… debaixo d ‘ água!

Fotoarte:»Alckmin e o Blogueiro »

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More