São Paulo: Escândalo do Trote e Estrupo na USP [ÁudioReportagem]-2

Publicidad

Coletivos feministas repudiam a decisão da Comissão Processante da Faculdade de Medicina da USP, que suspendeu por seis meses o aluno acusado de quatro estupros.

A Faculdade alegou “infrações disciplinares” para a suspensão do estudante.

Reportagem Marilu Cabañas.

Foto: Ricardo Kobayaski.

Fotoarte: “Coletivos em Protesto”

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More