São Paulo: Escãndalo do Trote e Estrupo na USP [ÁudioReportagem]-1

Publicidad

Movimentos feministas promoveram um ato em frente à Faculdade de Medicina da USP, na terça-feira (07/04), para tentar impedir a colação de grau de um aluno acusado de quatro estupros na Faculdade de Medicina da USP.

A formatura será no próximo dia 14 e os coletivos Geni e Dandara, da Universidade de São Paulo, a Marcha Mundial de Mulheres, o ITTC – Instituto Terra, Trabalho e Cidadania, a Associação Artemis e o Levante Popular participaram do protesto.

Uma Carta de Repúdio e um abaixo-assinado foram entregues ao diretor da Faculdade, José Otávio Costa Auler Junior.

Reportagem Marilu Cabañas.

Foto: Ricardo Kobayaski.

Fotoarte:José Otávio Costa Auler Junior

 

ÁudioReportagem

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More