São Paulo. Entrevista de Denise Motta Dau [Áudio]

Publicidad

 

Denise Motta Dau ressalta a importância da participação social na construção de políticas para as mulheres

A Secretaria de Políticas para as Mulheres da prefeitura de São Paulo realiza, no próximo domingo (4), eleição para o Conselho Municipal do setor. Em sua primeira eleição, o conselho será composto por 50 mulheres, com metade das vagas destinada a candidatura de entidades que atuam na temática de gênero e a outra metade para candidaturas individuais.

Para a secretária Denise Motta Dau, o conselho é um dos legados da gestão Haddad, e vai servir como espaço e instrumento para garantir a formulação, a fiscalização e a continuidade das políticas públicas para as mulheres. «É um espaço onde a sociedade civil, por meio de suas várias entidades, – do movimento feminista, dos sindicatos e movimentos sociais – poderá garantir suas demandas», ressalta, em entrevista à Rádio Brasil Atual na manhã de hoje (30).

Segundo Denise, o conselho também atuará para que as deliberações tomadas nas Conferências Municipais, que teve a sua quinta edição realizada em no ano passado. Para ela, as candidaturas individuais, divididas pelas cinco regiões da cidade, são fundamentais por trazerem as demandas locais, «fazendo com que as políticas públicas cheguem nas regiões».

Estão aptas a votar todas as mulheres a partir de 16 anos, moradoras e eleitoras na cidade de São Paulo, e regulares com a Justiça Eleitoral até 22 de setembro. A lista de candidatas ao conselho, assim como os locais de votação, estão disponíveis no site da secretaria.

 

Áudio: Conselho de Políticas para as Mulheres elege representantes no próximo domingo com Denise Motta Dau

 

www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2016/11/conselho-municipal-de-politica-para-as-mulheres-de-sp-elege-representantes-no-proximo-domingo-4966.html

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More