Roberto Varela (ou deveríamos dizer Varilla?) inventa o concelho de ‘Desván de los Monjes’

É a prova de que o conselheiro retornado de Nova Iorque para governar a "autonomia" é capaz de tentar traduzir os nomes dos lugares galegos ao velho estilo franquista. Para ele, Sobrado dos Monges é "Desván de los Monjes" (?!).&nbsp

A notícia da ridícula deturpaçom da toponímia galega por parte do máximo responsável da área da Cultura e Turismo no Governo autonómico nom é nova. Foi difundida por diferentes meios e por deputados da oposiçom parlamentar há duas semanas, mas o protagonista negou qualquer veracidade. Concretamente, afirmou: "Deixem de procurar lixo na Internet!", acrescentando:&nbsp "Há que ser estúpido para julgar que eu vou dizer ‘Desván de los Monjes’ em lugar de Sobrado dos Monges".

Agora, quinze dias mais tarde, chega a confirmaçom, em forma de vídeo durante a apresentaçom de umha campanha turística em Fitur (Feria Internacional de Turismo), em Madrid. No vídeo vê-se e ouve-se claramente como tenta espanholizar de maneira burda o nome do concelho de Sobrado dos Monges, bem como o de Touro, que Varela denomina ‘Toro’.

É difícil de acreditar semelhante grau de estultícia, mas nom deixa de harmonizar com as suas continuadas críticas à cultura galega, que para o senhor conselheiro é umha cultura que "limita", além de estar "complexada e ensimesmada". De facto, Roberto Varela (ou deveríamos dizer "Varilla" ?) chegou ao cargo, em voo directo de Nova Iorque, reivindicando dinheiro público galego para a produçom cultural em espanhol, ao considerar essa língua marginalizada no nosso país (sic).

O que vemos neste vídeo é o penúltimo despropósito do cosmopolitismo pailám que caracteriza nom só a Conselharia da Cultura, mas o conjunto do governo presidido por Núñez Feijó e, por extensom, o partido que o sustenta.

NOTICIAS ANTICAPITALISTAS