Recessão cura o Brasil? [Áudio-reportagem]

Paulo Vannuchi alerta para ‘danos irreversíveis’ da política de ajuste fiscal-“Medidas que afetam diretamente os trabalhadores, base de apoio da presidenta Dilma”

O analista político da Rádio Brasil Atual, Paulo Vannuchi, questiona hoje (22), em seu comentário, até que ponto a presidenta vai conseguir estabelecer o diálogo com o mercado sem sofrer «danos irreversíveis em seu ativo mais importante», o apoio das classes populares.

Vannuchi entende que as novas regras para concessão de benefícios sociais, a elevação de impostos sobre importação e movimentações financeiras e a elevação da taxa básica de juros fazem parte de um esforço para melhorar as contas públicas e resgatar a confiança dos empresários e investidores.

Contudo, o analista lembra que tais medidas não contribuem para a retomada do crescimento. Além disso, observa ele, todo o esforço fiscal em arrecadar mais e gastar menos torna-se inócuo com o aumento na taxa básica de juros em meio ponto percentual ontem.

«O empresário investe se sente que haverá uma demanda crescente. As medidas, até agora, e que aparentemente seguirão sendo anunciadas, vão todas na contra mão disso», afirma o comentarista político.

«Ela podia, por exemplo, ter autorizado a correção na tabela do imposto de renda (em 6.5%)», avalia Vannuchi, para quem todas essas medidas adotadas até agora afetam o trabalhador, «não o banqueiro».

Áudio-reportagem:

NOTICIAS ANTICAPITALISTAS