O Sindicato Labrego Galego propom unidade de acçom para a defesa dos preços no sector lácteo

&nbsp As quedas continuadas cada mês impedem até cobrir os custos de produçom, o que torna inviável a sobrevivência das exploraçons gadeiras galegas, segundo o Sindicato Labrego Galego, o que é devido à política especulativa da grande indústria do sector.&nbsp

Diversas manobras e falsidades, como a suposta sobreproduçom, quando no Estado espanhol só se produzem dous terços do total de leite consumido, ou como a utilizaçom de contratos para amarrar as exploraçons à margem das organizaçons associativas, favorecem que os preços fiquem cada vez mais baixos e neutralizam a resposta dos produtores e produtoras.

Daí que o sindicato labrego reclame umha organizaçom do conjunto do sector atingido pola política de preços da grande indústria para assim impor um preço mínimo que garanta os custos de produçom, exigindo ao novo governo autonómico que cumpra com o correspondente acordo aprovado no seu dia no Parlamento e incumprido polos sucessivos governos.&nbsp

NOTICIAS ANTICAPITALISTAS