Jornadas da Língua em Compostela

Publicidad

Após as eleiçons autonómicas de Março, em que o PP recuperava o poder institucional com um discurso cargado de galegofobia, o independentismo galego conserva na universidade galega o seu espaço de acçom.

Dentro da semana que acolherá a manifestaçom do Dia das Letras, e as diversas festas e comemoraçons prévias e posteriores, o estudantado da esquerda nacional propom-vos a tod@s um calendário de três jornadas seguidas com palestras na Faculdade de Filologia, como nom.

Desde o portal nacional animamos-vos a participar e a promover noutras localidades do País umha intervençom direita, de parámetros monolíngües e reintegracionistas, em defesa do galego dentro da escola.

Terça-feira 12, 18.30 horas. Sala 17. Presente e futuro da música em galego e a sua relaçom com a lusofonia:

– Carlos Meixide (Os da Ria) + Ataque Escampe

Quarta-feira 13, 19 horas. Sala 3. A questom da língua. Análise e perspectivas:

– Maurício Castro (membor da AGAL e coautor do Manual Galego de Língua e Estilo) + Carlos Santiago (activista cultural)

Quinta-feira 14, 19 horas. Sala 14. Por umha linguagem nom sexista:

– Olga Castro (investigadora da Universidade de Vigo) + Zéltia Fernandes (militante de BRIGA)

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More