[Galeria fotográfica] Açons surpresa reivindicam soberania para a Galiza em pontos chave do País


As 12:12 de hoje (12/10), ativistas da plataforma Galiza pola Soberania (GpS) protagonizárom açons surpresa nas sete cidades galegas e mais algumha vila. Colocárom faixas com legendas de liberdade para a Galiza em pontos chave desses locais. As açons fôrom gravadas e um vídeo coletivo será feito público nos próximos dias pola Plataforma. Entretanto, hoje foi lançado online um vídeo composto por dúzias de mini-vídeos de poucos segundos de duraçom remetidos por galegos e galegas de mais de cinqüenta concelhos nos ultimos dias.

No ‘Dia da Raça’, celebraçom franquista do genocídio indígena perpetrado polo imperialismo castelhano que hoje se mantém oficialmente sob o imperial nome de ‘Dia da Hispanidade’, a Galiza demonstrou que nom se resigna a sofrer o jugo de Madrid. Fijo-o num dia referencial para os ultranacionalistas espanhóis, e fijo-o demonstrando que há forças para luitar.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades. Podes pagar com cartom bancário ou PayPal.

Galiza pola Soberania

Esta é umha das primeiras açons protagonizadas pola GpS, nascida fai pouco mais de três meses como plataforma suprapartidária destinada a aglutinar, com perspetiva de longo percurso, pessoas cientes da necessidade de socializar o objetivo de que a Galiza conte com um Estado próprio, como parte da resposta à crise sofrida polas classes trabalhadoras do País.

Com um grupo promotor com mais de 200 membros e um manifesto fundacional aprovado, a Plataforma, criada em julho deste ano, tem um objetivo claro: «um Estado galego, anti-patriarcal, social, laico e radicalmente democrático com base numha república para construir, de maneira pacífica e solidária, umha sociedade justa, livre e verdadeiramente igualitária».

Compostela: a Catedral veste pola Soberania

Na capital galega, era na Catedral onde a luita pola libertaçom nacional galega se visibilizava. Fazia-o pouco depois do meio dia.Umha grande faixa com as palavras «Galiza pola Soberania», bandeiras estreladas e cartazes de «Galiza is not Spain» ocupárom as escadas do acesso principal ao edifício. Como conseqüência, a segurança da Catedral fechou o acesso à mesma e chamou a polícia espanhola, quem logo de identificar várias das pessoas que participavam na mobilizaçom, obrigou o grupo a descer para a Praça do Obradoiro. A faixa mantivo-se nessa segunda localizaçom por mais alguns minutos, durante os quais houvo algum canto pola independência.

O protesto atingiu grande visibilidade, principalmente entre turistas foráneos que nesse momento visitavam a Catedral. Entre as reaçons, se escuitavam conversaçons tingidas de solidariedade, principalmente entre visitantes dos Países Catalans, enquanto muitos turistas espanhóis faziam (em voz baixa, para elas e as suas amizades e familiares) comentários xenófobos e a favor do imperialismo espanhol.

O Diário Liberdade fornece umha galeria fotográfica da açom em Compostela:

GALERIA DE FOTOS

Entretanto, já circulam na rede fotografias doutras cidades galegas: Corunha (foto de @Arredeeemo no twitter), Lugo (foto de Sermos Galiza), Ponte Vedra (foto de @montseprado no twitter), Vigo (foto de @Albertegz no twitter), Ourense (foto de @noaourense no twitter), Ferrol (fotos do Diário Liberdade e de @fromgaliza) e Vigo (GpS) som algumhas delas.

GpS Corunha GpS

GpS - Sermos Gz

GpS pontev

GpS Vigo

GpS Ourense

gzpolasoberaniaferrol2

ferrol baluarte

121013 vigo 


NOTICIAS ANTICAPITALISTAS