Fidel

Se você saiu alguns minutos para a via pública, enquanto Fidel em pessoa falava esta tarde na televisão, sentiu a sua voz multiplicada em todos os lares. A expectativa criada pelo anúncio de seu retorno a ativa precedido dias antes por sua presença física em um grande centro de pesquisas e pelas fotos querapidamente percorreram o ciberespaço – foi recompensada pelo conhecimento de que o Comandante ainda é o analista terrível (para o Império),estadista e analista político que driblou todas as variantes possíveis da guerra e derrotou 12 presidentes dos Estados Unidos da América.

Nada a ver com a idéia, completamente estranha à idiossincrasia cubana do culto à personalidade. Fidel não é um Deus, é um guerreiro que não se deixa vencer, nem mesmo pelos anos. Muitos o ouviram hoje, com ternura, o homem que conduziu os revolucionários do Terceiro Mundo ao longo de décadas, ainda esquadrinha os olhos do seu interlocutor com a mesma força que olha nos olhos do mundo.

Por alguns minutos todas as transnacionais da imprensa o homenagearam sem a pretensão: a sua presença era notícia, era A Notícia. Tanto é assim que os tolos lacaios do quintal gritaram que era uma manobra do Governo para atrair a atenção, mas que tipo de homem pode interromper o tráfego de notícias do mundo, um tráfego corrupto, de juros, que despreza a verdade e a honra por ser inútil – e captura a atenção dos amigos e inimigos.

Não é o suficiente dizer a verdade, mas é necessário que quem a diga seja profundamente respeitado por todos.

E que verdades ele disse! Tristes certezas que iluminam o caminho escuro em que transita o inconseqüente imperialismo.

Fidel nos conclama a unirmos em todos os continentes, contra a loucura e a ganância que nos levara à destruição. Este ancião é um jovem rebelde que acaba de descer da Sierra.

«Fidel, Fidel, que tem o Fidel, que os americanos não podem com ele”, lembrei a frase que as massas latino-americanas cantarolavam durante décadas, enquanto o escutava.

&nbsp

A Revolução Vive, Viverá sempre. Viva Fidel.



Fuente: http://la-isla-desconocida.blogspot.com/2010/07/fidel.html



Tradução:OGS

NOTICIAS ANTICAPITALISTAS