Escola de Formaçom´09: Luitando fazemos possível a utopia

[Traducción al castellano]

… para compartilhar três dias de encontro que ficarám na memória colectiva do independentismo galego como mais um chanço avante na enorme escaleira que nos conduz a um futuro gerido, como dizia a legenda da Escola de Formaçom ’08, polas e polos que luitam.

Um futuro em que jornadas como as destes dias terám um papel fulcral para sabermos como enfrentar as necessidades de organizaçom para combater os poderosos do presente, e construir Poder Popular desde as idades mais temperás.

O divertimento, o entretenimento e a fraternidade som o substrato essencial da formaçom. Umha formaçom que nom é tediosa nem alienante. Umha militáncia afeita à luita, ao combate e à necessidade de intervir socialmente em diferentes planos e terrenos sabe da importáncia de tecer laços honestos de amizade e sentimentos de camaradagem que abonam o futuro imediato do nosso projecto.

Porque a luita nos une num caminho que percorremos junt@s, um caminho que só se pode percorrer de maos dadas e fortemente unid@s para luitar contra inimigos muito mais fortes. A humanidade, a essência do novo homem e a nova mulher da que falava o Che, a irmandade que nom se pode entender num sistema de exploraçom entre iguais, é o cimento da uniom que nos fai fortes. Eis o sentido da Escola de Formaçom.

AGIR e BRIGA somos herdeiras dessa utopia possível, dessa utopia necessária sem a qual o mundo nom tem saída. Dessa utopia que se representa na certeza em que a mocidade galega estará com a juventude de todo o mundo caminhando por transcender um presente de pesadelos de fumo, sangue e morte.&nbsp
Demasiada merda para quem sonhamos com mudar a realidade e alcançar o socialismo, um mundo novo onde os sonhos só poderám ser, de novo, sonhos, e nom maquilhagens ao presente.

Programa EF´09

Esta Escola de Formaçom ’09 AGIR e BRIGA introduzimos a formaçom básica a cargo de militantes de ambos colectivos. Após seis ediçons da Escola, sabemos por experiência que o importante é trabalhar aspectos básicos do que supom organizar-se para luitar e como fazê-lo. Som pessoas com a experiência de muitos anos trabalhando entre a mocidade rebelde da Galiza quem ministrarám as palestras, que se dotam de carácer aberto para que a intervençom de todas e todos @s presentes facilite a compreensom e o debate.

Sexta-feira, 3 de Abril

19h00&nbsp Chegada e instalaçom

20h00&nbsp Bem-vindas a cargo do Responsável do Grupo de Base de BRIGA

21h00&nbsp Churrascada e repichoca!!&nbsp

Se o permite o clima, comeremos no exterior para começar o fim de semana falando ao ár livre.
Sábado, 4 de Abril

9h00&nbsp Almorço

10h30&nbsp Roteiro

14h00&nbsp Jantar

16h00&nbsp Seminários

· Modelos organizativos e conceitos básicos da actividade política e social

Este quiças seja o ponto mais teórico da EF ’09, expondo os diferentes modelos organizativos e os conceitos básicos sobre a forma em que se artelha a participaçom assemblear, nos seus diferentes órgaos e formas, na juventude independentista do sêculo XXI.

· Intervençom revolucionária na Galiza do século XXI

Falaremos desta volta sobre elementos imprescindíveis da intervençom social das nossas organizaçons: quais suportes e ferramentas empregar no dia a dia para mantermos o contacto com o nosso contorno.&nbsp

· Medidas básicas de segurança

Palestra sobre como manter a segurança mínima indispensável para desenvolver um trabalho sem interferências. E do rol que joga a rede neste terreno.

· Consfussons e erros mais habituais no uso do reintegracionismo

Palestra sobre os conceitos elementares do reintegracionismo lingüístico.

21h00&nbsp Ceia

23h00&nbsp Festa

Domingo, 5 de Abril

9h30&nbsp Almorço

10h30&nbsp Jogos populares

13h30&nbsp Talheres

14h30&nbsp Jantar

16h00&nbsp Assembleia de valoraçom da Escola de Formaçom´09

17h00&nbsp Despedida a cargo dum/ha companheir@ de AGIR&nbsp

NOTICIAS ANTICAPITALISTAS