Dr Luiz Fernando Corrêa, e como foi a tortura ? E cadê o áudio do grampo do Presidente Supremo do Supremo Gilmar ?

A revista Carta Capital que está nas bancas, na página 32, publica reportagem de Leandro Fortes de título “À luz do dia” – arbitrariedade” a Comissão de Direitos Humanos da Câmara vai apurar denúncia de tortura cometida pelo diretor da PF. O caso (da tortura deste servidor público – PHA) também está sendo analisado pelos deputados estaduais do Rio Grande do Sul.”

. Reportagem de Leandro, na Carta, da semana passada, mostrou como Corrêa, diretor da Polícia Federal do Governo trabalhista do Presidente Lula, torturou a empregada doméstica Ivone da Cruz, e talvez seja responsável pela cegueira dela.

Corrêa, além de torturar, segundo a denúncia, foi torturar num inquérito de Polícia Civil do Rio Grande do Sul, embora ele fosse delegado da Polícia Federal, lotado em Porto Alegre.

. A denúncia também mostra como o diretor geral da PF, o Dr Corrêa, abafou a investigação da Corregedoria da Polícia (essa que vai demitir o ínclito delegado Protógenes) sobre a tortura do Dr Corrêa.

. Por iniciativa dos deputados Luiz Couto e Chico Alencar a Câmara dos Deputados vai investigar essa sessão de tortura e o “abafamento” da PF.

. Outro assunto na pauta do Dr Correa é o áudio do grampo do Supremo Presidente Supremo, Gilmar Dantas, segundo Ricardo Noblat.

. Cadê o áudio, Dr Corrêa ?

. O senhor ainda não acabou de investigar ?

. O seu chefe formal (o ministro da Justiça, Abelardo Jurema, e, não, o de fato, Gilmar Dantas, segundo Noblat ), seu chefe, Tarso Genro, já disse que o grampo não tem áudio.

. É outra contribuição do Brasil á História Universal: produziu um grampo telefônico sem áudio.

. Mas, Dr Corrêa, falta o senhor dizer: o grampo não existe.

. Cadê o áudio, Dr Corrêa ?

. O senhor está com medo de deixar mal o Presidente Supremo do Supremo e o senador Demóstenes Torres ?

. E a Veja, Dr Corrêa, o­nde vai enfiar o áudio do grampo dela ?

. Dr Corrêa, não é por nada, não, mas o senhor está numa fria.

. Outra fria, Dr Corrêa: e cadê os HDs e pen-drives que a equipe do ínclito delegado Protógenes Queiroz capturou na parede falsa do apartamento do Daniel Dantas ?

. O senhor está com medo de encontrar o nome do seu amigo José Dirceu lá dentro, Dr Corrrêa ?

. Outra fria, Dr Corrêa: e cadê a investigação sobre o trabalho que “agentes” de Daniel Dantas e José Serra desenvolveram para me “prejudicar” ?

. Eu fui à Policia Federal, em São Paulo, e entreguei uma denúncia formal, escrita, ao delegado Hugo Brazioli Slivinskis, em 6 de março de 2009.

. Dr Corrêa, o senhor vai investigar os agentes do Governador de São Paulo, que mandam “prejudicar” jornalistas ?

. E os “agentes” do Daniel Dantas – ou “as” agentes – , o senhor tem medo de esbarrar em seu amigo José Dirceu, Dr Corrêa ?

. Ou senhor também vai mandar abafar essa aí ?

. Cuidado, Dr Corrêa, porque está tudo lá na investigação sobre o grampo que fizeram na vida do deputado José Aníbal (por acaso, adversário de José Serra …).

. Dr Corrêa, que fria, hein ?

Paulo Henrique Amorim

NOTICIAS ANTICAPITALISTAS