Brasil. Curitiba. Palestra de Ciro Gomes no Circo da Democracia (Video)

Publicidad

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) disse na noite do sábado (13), em Curitiba, que o interino Michel Temer (PMDB) é «traidor, corrupto e salafrário».

Ciro começou a palestra no Circo da Democracia puxando um «Fora Temer» incendiando a plateia na tenda instalada em frente à escadaria da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

«O moralismo é a ferramenta dos canalhas», disse Ciro Gomes olhando em direção ao prédio da faculdade de Direito onde leciona o juiz federal Sérgio Moro.

Além de bater sem dó em Temer, o pedetista também abriu fogo contra Marina Silva (Rede) e José Serra (PSDB).

«Temer e Serra são agentes infiltrados dos EUA, segundo relatórios do Wikileaks. Eles focam agora no pré-sal», denunciou.
Quanto à Marina, Ciro criticou que ela enrola um chalezinho e disfarça falando sobre ecologia. Mas, segundo ele, defende a independência do Banco Central.

Durante todo a palestra, Ciro só chamava Temer de «tinhoso» [diabo] para o delírio da plateia que op aplaudia.

«O tinhoso trocou o Bradesco pelo Itaú no Ministério da Fazenda», afirmou, referindo-se à troca de Joaquim Levy (Bradesco) pelo ministro interino Henrique Meirelles.

Ao fuzilar a pedalada (déficit) de R$ 170 bi que Temer promove no orçamento, Ciro Gomes previu que o povo vai «tomar na testa» CPMF e aumento da CIDE — o imposto da gasolina.

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) assistiu da plateia à palestra.

 

Vídeo: Ciro Gomes no Circo da Democracia

Romário Carlos

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More