Cuba: XI Congresso de Cirurgia

A exposição de especialistas cubanos no XI Congresso de Cirurgia, realizado em Havana, mostrou que a Ilha se encontra no nível dos países desenvolvidos na aplicação de técnicas cirúrgicas avançadas, o que foi reconhecido pelos participantes estrangeiros no evento.

Segundo o Doutor em Ciências George Abraão, do Comitê Organizador, “isto tem sido possível, apesar do bloqueio genocida que nos obriga a compra de equipamentos, instrumentos e materiais muito mais caros e de forma mais demorada”.

Ele disse que os avanços da cirurgia têm sido conquistados com seriedade da investigação, a engenhosidade, a laboriosidade e o humanismo dos profissionais de Cuba e do Estado, que faz os investimentos necessários.

Além disso, os cirurgiões na ilha são membros de reconhecidas organizações internacionais de especialidades cirúrgicas.Segurança e qualidade de vida

O conjunto de condições que tornam valiosa a vida do paciente e contribuem para a reintegração na sociedade, obedece ao conceito de segurança e de qualidade em cirurgia, um princípio em nosso sistema de saúde, disse o Dr. José Miguel Goderich.

O presidente da Sociedade Cubana de Cirurgia disse que a segurança se dá com uma situação livre de lesões acidentais, ausência de erros, incluindo o diagnóstico e tratamento das complicações previsíveis.

Acrescentou que a segurança vai desde a técnica cirúrgica, sangue seguro, até a atenção integral do paciente hospitalizado, oferecendo informação médica aos pacientes e familiares.

“Qualquer evento inesperado, advertiu, exige uma resposta e investigação imediata e implica numa tarefa diária de ação médica-cirúrgica para minimizar os danos e evitar males maiores".

Cuba e Itália, vínculos na cirurgia.

Como parte da Jornada Cuba-Itália, realizado durante o XI Congresso Cubano de Cirurgia, foi assinado uma carta de intenções para intercâmbio científico bilateral.

O documento, assinado entre a Sociedade Cubana de Cirurgia e a Associação Italiana para o Progresso das Ciências Cirúrgicas, se pronunciou a favor de uma aumentar a colaboração mantida há oito anos entre os dois países, beneficiando a cirurgia geral, como uma parte fundamental dos sistemas de saúde .

A ocasião também foi uma oportunidade para entregar pela primeira vez, os diplomas de sócios honorários da Sociedade Cubana de Cirurgia, as personalidades do Colégio Italiano de Cirurgia.

Tradução: Robson Luiz Ceron – Blog Solidários

NOTICIAS ANTICAPITALISTAS