Brasil-Venezuela. Bolsonarismo bate cabeça com a invasão da embaixada [Vídeo]

Novo capítulo da "guerra híbrida" de Trump e Steve Bannon!

Publicidad

Quem está por trás da lambança na embaixada da Venezuela em Brasília?

Segundo o deputado Paulo Pimenta, um representando do Itamaraty estava junto dos brutamontes que invadiram a missão diplomática. Eduardo Bolsonaro, o filho 03 do presidente Jair Bolsonaro, também declarou seu apoio no Twitter.

Poucas horas depois, entretanto, tanto o GSI do gal. Heleno quanto o próprio Jair Bolsonaro se manifestaram contra o incidente.

Seria tal recuo um sinal de uma nova cisão dentro do movimento bolsonarista? Mais um episódio da «guerra híbrida» dos interesses norteamericanos?

Ou seria a invasão uma amostra de como a extrema-direita está disposta a qualquer coisa para atingir seus objetivos?

Rodrigo trata também da informação resgatada pelo advogado Eduardo Goldenberg em seu Twitter: segundo uma jornalista da Fel-lha, Bolsonaro teria retornado de Brasília ao Rio de Janeiro no dia 14/III/2018 – o dia do assassinato da vereadora Marielle Franco.

Existem provas de que Bolsonaro estava em Brasília naquele dia – tanto registros do Congresso Nacional quanto imagens do então deputado no plenário.

E por que o porteiro do condomínio na Barra da Tijuca disse que falou com «seu Jair»? E por que a jornalista não retomou essa informação?

Saiba mais na TV Afiada!

Vídeo:

También podría gustarte

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More