Brasil. Só a Dilma acha que a questão é jurídica [Vídeo]

Publicidad

Com o reforço da pericia do Senado, que não achou pedalada nenhuma, o senador Roberto Requião acusa a «assessoria» da Dilma – deve se referir ao zé Cardozo – de levá-la à indecisão:


Dilma só barra golpe no Senado com plebiscito, alerta Requião

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) alertou na terça-feira (28) que o golpe no Senado só será barrado com a convocação de um plebiscito para antecipar a eleição presidencial.

O parlamentar mostrou-se irritado com a indecisão dos assessores da presidente eleita Dilma Rousseff, que, segundo ele, não toma posição.

“Dilma vacila na posição que deve tomar. Mal assessorada?”, questionou o senador, que avalia impossível barrar o golpe sem a proposta de plebiscito e sinalização com mudanças na economia.

“É preciso entender que não se trata de questão jurídica, mas de rejeição econômica, política e pessoal”, opinou Requião.

O senador do PMDB aproveitou para dar uma sabugada na advogada Janaina Paschoal. Segundo ele, o impeachment encomendado a ela, por R$ 45 mil, “tinha que ser muito ruim” por que foi “mal feito e mal pago”. Requião se referiu ao parecer da perícia do Senado que rejeitou a tese de “pedalada fiscal” — único argumento para afastar a presidente Dilma.

Vídeo: Quem advoga pra eles: a Janaína ou o zé Cardozo?

Conversa Afiada

 

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More