Brasil: Radiografia da Direita

Publicidad

A Direita Brasileira tem como Ideologia: a opressão, corrupção e o golpismo.

 A economia do Brasil Colônia, carrega a chaga da exploração desta elite escravocrata sobre os escravizados africanos.

Ideologicamente, ela é opressora, corrupta e golpista. Quando estão no poder, governam para poucos. Tentam copitar setores populares para aderir e legitimar o seu projeto de dominação. Esta estratégia, perpassa pelas religiões, também pelo movimentos, sociais, sindical, atrelado ao patronato, mas sobretudo, pela mídia. Desde sempre a elite é divisionista. Estabelece a divisão de classes, mas hipocritamente negam que tal fato ocorra. Os escravocratas de ontem, é a direita de hoje.

Não suporta ver que nos últimos 12 anos, uma grande parcela da população historicamente, excluída de qualquer direito constitucional, comece ser reconhecida como cidadão(ã). Não suportam ver pobres, negros e índios, frequentando as universidades públicas ou privadas com financiamento do Governo Federal. Amesquinham a discussão sobre as políticas sociais, Mais Médicos, Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Cursos Profissionalizantes, violência contra a mulher, combate ao racismo, além da regulação do trabalho doméstico, reconhecendo os direitos desta classe e equiparando aos demais trabalhadores.

 Para muitos, essa foi uma segunda abolição, mas que para uma parcela grande desta direita, foi algo inadmissível, e protestam contra o governo federal até hoje, porque não queriam regulamentação alguma, assim podiam manter a exploração de antes da lei.

 Formas de Lutas e de Resistência.

Os milhões de africanos traficados ao Brasil, para produzir as riquezas dos escravocratas do Brasil Colônia, resistiram, e lutaram por liberdade, do começo ao fim. Foram escravizados, mas nunca se sentiram escravos. Reinventaram uma nova cultura, organizaram quilombos, empreenderam fugas em massa, são a penas algumas das formas de lutas, e de resistência empreendidas por negros(as), naquele período do Brasil escravocrata.

 A direita, agora vai ás ruas bradar contra a corrupção, quando é ela a principal fonte deste mal. A direita, não só produz a corrupção, mas, se alimenta, dela. O que essa direita quer mesmo, é barrar alguns avanços que os trabalhadores conquistaram nestes últimos 12 anos, de governos de Lula e Dilma. O ódio de Classe que a direita destila contra as camadas populares, não nos impedirá de continuar amando o Brasil. Vamos   continuar lutando e construindo um Brasil cada vez melhor para todos.

MAIS DEMOCRACIA SEMPRE, DITADURA NUNCA MAIS.

 

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More