Publicado en: 6 diciembre, 2018

Brasil. PF terá ‘focinho de polícia política’

Por Jornal do Brasil

A mega Lava Jato do super Moro, futuro ministro da Justiça do governo de Jair Bolsonaro, pelo andar da carruagem, terá focinho de polícia política – Análise política da jornalista Tereza Cruvinel.

A jornalista Tereza Cruvinel destaca o desenho que está sendo elaborado por Sérgio Moro, futuro ministro da Justiça do governo de Jair Bolsonaro (PSL) para que a Polícia Federal reforce o núcleo de investigação de ministros e parlamentes com foro no Supremo Tribunal Federal (STF), que venham a ser suspeitos de corrupção.

 “Assim será montada a mega Lava Jato do super Moro que, pelo andar da carruagem, terá focinho de polícia política”, avalia ela em sua coluna no Jornal do Brasil.

Para ela, apesar de ministros também terem sido citados como possíveis alvos, o verdadeiro foco “são os parlamentares, especialmente os de oposição. Dificilmente alcançarão ministros de Bolsonaro. Ontem mesmo Moro declarou que Onyx Lorenzoni, contra quem o STF abriu investigação sobre suposto recebimento de caixa 2 da Odebrecht, tem sua “confiança pessoal”, ressalta.

“Apesar da guerra ao “marxismo cultural” que estaria entranhado em tudo, ao ponto de Bolsonaro perguntar ao futuro ministro da Educação se ele tinha “faca nos dentes” para combatê-lo, é pela corrupção que se buscará o “inimigo interno”, criminalizando adversários políticos mais incômodos”, afirma a jornalista.

Leia a íntegra da coluna no Jornal do Brasil

 Fotoarte:” Paú de Arara”

COLABORA CON KAOS