Brasil. Os bozos, sempre existiram

Bozos são bozos e muito mais do que você pensa

Publicidad

Bozos são bozos e muito mais do que você pensa

Jair Bolsonaro, o presidente de extrema direita, não tornou ninguém cruel, preconceituoso, racista, homofóbico, misógino, xenófobo (menos com os EUA), intolerante e idiota.

Essas pessoas, os bozos, sempre existiram, mas precisavam de alguém que desse voz aos seus comportamentos e pensamentos antidemocráticos e antipopulares, até então por décadas enrustidos e escondidos — disfarçados.

A verdade é que Bolsonaro deu espaço aos bozos, ou seja, aos preconceituosos, além de elevar a autoestima dos energúmenos, valorizar a estupidez dos equivocados, dar voz aos ignorantes e violentos, assim como conceder cargos aos bárbaros e canalhas.

Ser um bozo é se identificar com a perversidade, o egoísmo, a violência, a intolerância e a falta de empatia com o País e a sociedade brasileira, principalmente com os mais pobres, com os que podem menos, com os que não têm voz ativa e força para reivindicar, assim como ser bozo é odiar e desprezar as minorias, os abandonados e o desenvolvimento econômico que permita a inclusão social dos pobres.

Agora, eu pergunto: Sou eu que afirmo essas palavras? Não cara pálida. Os que afirmam e reafirmam tais pensamentos e palavras são os próprios bozos, nas ruas, nos bares e restaurantes, nos seus empregos, nas universidades e escolas, nas suas residências, bem como nas redes sociais, de forma diuturna, sistemática e trágica para o País e a civilização brasileira.

O gigante sul-americano que neste momento é tratado como republiqueta pelo governo ultraliberal do fascista Jair Bolsonaro, o títere da casa grande escravocrata brasileira, e que experimenta um processo infame e mórbido de retrocesso cultural, social e econômico, a inclusive prejudicar de morte os interesses estratégicos de soberania e independência do Brasil, como nunca se viu antes na história, nem mesmo no período tenebroso e lúgubre da ditadura militar (1964/1985).

“Portanto, me dirijo aos bozos deste País que está a ser pilhado e desmontado pelos estrangeiros e a iniciativa privada nacional e internacional, com a aquiescência e cumplicidade dos brazucas burgueses e inimigos históricos da Nação, que conjuram contra os interesses do País e se juntam aos gringos malandros e espertos para roubar sem trégua e compaixão o povo brasileiro”.

“Nunca esqueça, bozo, você apoia e apoiou um golpe de estado contra a primeira presidente mulher, que não incorreu em crime de responsabilidade; é também cúmplice de prisão injusta e covarde contra o maior presidente da história deste País, juntamente com Getúlio Vargas. O primeiro presidente que não saiu dos berços da burguesia e da aristocracia brasileira, pois operário de origem humilde e nordestina”.

“Mulher e operário, os dois mandatários do Partido dos Trabalhadores (PT), que foi draconianamente criminalizado e suas ações de governo judicializadas, para que a burguesia, os trustes e os governos internacionais retomassem o poder nas mãos de sujeitos abjetos, entreguistas, mentirosos, traidores e elitistas, do baixo nível de Michel Temer e Jair Bolsonaro, sendo que este último se comporta como um capacho ou sabujo quando à frente do extremista de direita, Donald Trump, presidente estadunidense de predicados fascistas tais quais a Bolsonaro”.

“Não esqueça, cidadão e cidadã bozonarista: você apoia o desgoverno fascista liderado por uma autoridade emocionalmente descontrolada, refratária a críticas e profundamente desrespeitoso com a sociedade brasileira, quando abre sua boca plena de vulgaridade, violência e desprezo por tudo e todos que esse indivíduo considera como inimigos, por não pensar e agir como ele (bolsonaro), ou seja, não ser autoritário, arbitrário e intrinsecamente cruel — mau”.

“Bolsonaro, o mandatário fascista, considerado por grande parte dos brasileiros e pela comunidade internacional como um louco incontrolável, supostamente envolvido com milícias assassinas, juntamente com seus filhos, jamais em tempo algum e em hipótese alguma se aproximou ou se aproximará de pobres, trabalhadores, sindicatos, associações, índios, quilombolas, negros, mulheres, favelados e periferias. Desde capitão sempre se preocupou, e muito, com dinheiro, patrimônio e status, de acordo com relatório do Exército”.

“O político fascista e pária internacional, conforme anuncia há décadas quando era deputado do baixo clero sem noção alguma de País e sociedade, jamais criará projetos e programas de inclusão social e proteger os interesses dos mais pobres. Bolsonaro e seus asseclas governam para os ricos e os Estados Unidos, a ter apoio de parte da população que se comporta como gado, mesmo quando o mandatário de políticas ultraliberais ferra com seus direitos e garantias”.

“Cito como exemplo as leis trabalhistas e as questões previdenciárias, assim como os bozos não se importam com o desmonte criminoso do Estado, a entrega de estatais estratégicas para o desenvolvimento e a soberania do Brasil, nem mesmo estão aí para o congelamento de investimentos em infraestrutura, educação e saúde por 20 anos”.

“E por que isto acontece, hein, bozos? Porque o Bozonaro fascista veio para desmontar o estado brasileiro e dar fim às política públicas de inclusão social, além de suprimir direitos, processo pernicioso iniciado com o abjeto, leviano e traidor Michel Temer. O Bozo veio para destruir a civilização e facilitar ainda mais a vida dos ricos, porque a classe média bozoidiota já recebeu há muito tempo as bananas que ele já deu aos jornalistas estúpidos no Palácio do Palhaço”.

“Jornalistas que também são os responsáveis diretos pelo golpe de estado contra Dilma, a prisão injusta de Lula, a tomada criminosa do poder central pelo abjeto e covarde Temer, além de obviamente serem os andores da ascensão de Jair Bolsonaro ao poder. Lamentável. Irresponsáveis e burros. Se não são burros, então são plenos de má fé”.

“O Bozo fascista é o rebento da irresponsabilidade dos jornalistas da grande imprensa de mercado, que foram cúmplices e compuseram com todo o tipo de falácia, mentiras, distorções e leviandades. Segura o Bolsonaro no colo, porque ele é filho dileto dos jornalistas da imprensa comercial e privada (privada nos dois sentidos, tá?!), que estão sendo tratados pelo Bozo presidente como moleques…”

“E não satisfeitos os bozos respondem a argumentos sólidos com distorções, manipulações e mentiras, porque plenos de má fé intelectual para acobertar os crimes do governo fascista contra os interesses do Brasil e de seu povo. Procedem dessa maneira para amenizar a estupidez e a loucura de apoiar a sordidez e a infâmia dos bárbaros no poder e, com efeito, darem um verniz de civilidade às suas consciências e aos seus valores e princípios curtos, estreitos e rasos”.

“Vocês, bozos, esconderam o que realmente são por anos a fio — décadas! Agora se mostram por inteiros. Na verdade, a partir das micaretas de direita de 2013. Os bozos não protestam, porque fazem micaretas, como se fossem blocos de carnaval. Muitos deles até hoje não compreendem porque foram às ruas, mas foram por instinto, pois, indelevelmente, reacionários, elitistas e preconceituosos. Os bozos geralmente são racistas, sendo que o racismo, dentre suas vertentes diabólicas, a principal é a de fundo econômico, de supremacia financeira”.

“Os bozos olham o futuro pelo retrovisor. Primeiro, apoiaram os tucanos derrotados quatro vezes pela força das urnas democráticas, até terem a oportunidade de votar em um político medíocre, desinformado e fascista. Os bozos jamais aceitaram a democracia, porque para aceitá-la plenamente tem de aceitar a igualdade de oportunidades e respeitar a Constituição. E isto, cara pálida, os bozos jamais aceitaram, tanto os ricos quanto os de classe média. O cidadão bozo, na verdade, é fascista, porque quem apoia o fascismo só pode ser fascista, mesmo se por ignorância ou burrice não souber de sua trágica mácula. Bozos são bozos e muito mais do que você pensa. Ponto”.

“Os bozos mentem e tergiversam para darem sustentação a um governo ultraliberal e fascistóide, que retira direitos e garantias dos trabalhadores, do povo brasileiro, além de promover violência e repressão às minorias, conforme já comentei, bem como efetiva o desmonte criminoso do estado nacional e a entrega de suas empresas públicas aos estrangeiros e à iniciativa privada, que passam a controlar o mercado interno brasileiro e a impor preços, tarifas e taxas de produtos e serviços anteriormente controlados pelos brasileiros”.

“A resumir, parte da população deste País, com vocação para ser subalterno e colonizado, apesar de rico e ser a oitava economia do mundo, passa a ser empregada dos gringos, porque abriu mão de soberania e autonomia, além de ser portadora de um incomensurável e inenarrável complexo de vira-lata. Depois ficam os bozos nesses anos a vociferar ignorâncias e agressividades sem a mínima noção sobre nada. E se tem noção, então se tornam cúmplices de todos esses crimes contra a Nação, em desfaçatez e incongruências sem tamanhos. Cúmplices da própria escravidão”.

“Passa o tempo e com ele a história… Os bozos continuam suas vidinhas de apoiadores de golpes promovidos pelas “elites” de países atrasados e colonizados, porém orgulhosos por serem plenos de preconceitos, exclusões e segregações. Depois vestem um terno ou tailleur, conforme o gênero, e pensam que são idiotas com status. É isso aí”

* Davis Sena Filho é editor do blog Palavra Livre

 

PS do colaborador:

Fotoarte: “Bozos são bozós”

.

https://www.brasil247.com/blog/bozos-sao-bozos-e-muito-mais-do-que-voce-pensa

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More