Brasil. Lula diz que o general tem razão

Publicidad

 

Lula não pode ser comparado a Bolsonaro  

A assessoria do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou o vídeo do discurso que ele fez no Knesset, o Parlamento de Israel, quando visitou o país em 2010 na condição de presidente da República.

Diferentemente de Bolsonaro, visitou também os territórios da Palestina. Diferentemente de Bolsonaro, defendeu a paz e a soberania de Israel e da Palestina. Por isso, no post, o time de Lula afirmou:

«O General Heleno tem razão. Não tem comparação entre Lula e Bolsonaro».

 No discurso, Lula defendeu um aumento do comércio entre Brasil e Israel -o vídeo desmonta por completo a versão falsa do bolsonarismo segundo a qual os governos do PT teriam alimentado antagonismo com Israel. Lula defendeu a paz.

Leia o post da equipe de Lula e, a seguir, assista à integra do discurso:

«O General Heleno tem razão. Não tem comparação entre Lula e Bolsonaro. Lula, um democrata, foi o primeiro presidente brasileiro a visitar Israel, e visitou também os territórios palestinos em 2010. No parlamento israelense defendeu a paz e a soberania tanto do estado de Israel e da Palestina. Respeitou os dois lados. Lembrou que judeus e árabes vivem no Brasil em paz. Foi aplaudido de pé.»

No texto, a equipe de Lula referia-se à declaração de Heleno, que ficou irritado quando jornalistas questionaram em Israel porque Jair Bolsonaro não seguiu o exemplo do ex-presidente Lula, que também visitou o lado palestino.

Texto do general:

O chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, ficou irritado após ser questionado por jornalistas sobre por que o presidente Jair Bolsonaro não visitou o lado palestino, assim como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

«Não vamos comparar, não. Pelo amor de Deus, tchau. Não comparem coisas heterogêneas», disse, saindo do hotel onde está hospedado. «Nem se pensou nisso», acrescentou ele sobre o fato de a visita não constar na agenda de Bolsonaro.

De acordo com o militar, «querem fazer ilações que não são corretas». Heleno afirmou que a visita de Bolsonaro a Israel é de cortesia.

«Fator cortesia tem um componente desse tipo, mas aqui temos outros assuntos a tratar. Nos interessa essa aproximação com Israel, sem que isso signifique um afastamento da comunidade árabe. Isso tem que ficar muito claro», pontuou.

O general evitou comentar sobre a possibilidade de retaliação de países árabes a produtos brasileiros, como o da carne de frango, por exemplo, por causa da aproximação com Israel. «Isso não é assunto meu, é do ministro (das Relações Exteriores) Ernesto Araújo e do presidente (Jair Bolsonaro)».

PS do colaborador:

Fotoarte: «A cara do general»

 .

https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/388798/Lula-diz-que-Heleno-tem-razão-ele-não-pode-ser-comparado-a-Bolsonaro.htm

 

También podría gustarte

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More