Brasil. Lindbergh Farias sobre Sergio Moro

Publicidad

 

Moro é um fora da lei, um militante da direita brasileira

 O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) criticou Sérgio Moro, que, a seis dias da eleição, resolveu liberar a delação premiada do ex-ministro Antonio Palocci.

«Moro e o roteiro já conhecido. Mais um factóide promovido para criar efeito eleitoral, sem a menor conexão com a verdade e a justiça. Moro é um fora da lei, um militante da direita brasileira!», escreveu o parlamentar no Twitter.

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima havia dito que a delação era um blefe. O MPF rejeitou a colaboração premiada por falta de provas «Está mais para o acordo do fim da picada», afirmou o procurador (leia mais).

https://www.brasil247.com/pt/247/rio247/370787/Lindbergh-Moro-é-um-fora-da-lei-um-militante-da-direita-brasileira.htm


Procurador da Lava Jato admite que delação de Palocci era um blefe

A delação premiada de Antônio Palocci, que a mídia conservadora qualificou como «delação do fim do mundo», que seria capaz de «destruir o PT», era um blefe- Carlos Fernando dos Santos Lima

Um dos principais procuradores da Lava Jato, Carlos Fernando dos Santos Lima (o outro é Deltan Dallagnol), agora admite: a delação premiada de Antônio Palocci, que a mídia conservadora qualificou como «delação do fim do mundo», que seria capaz de «destruir o PT», era um blefe. Na entrevista, concedida à Folha de S.Paulo, ele reconhece que há uma guerra entre o Ministério Público e a Polícia Federal pelo controle da Lava Jato.

A delação de Palocci foi fechada pela PF depois da recusa do Ministério Público. Santos Lima relatou: «Demoramos meses negociando. Não tinha provas suficientes. Não tinha bons caminhos investigativos. Fora isso, qual era a expectativa? De algo, como diz a mídia, do fim do mundo. Está mais para o acordo do fim da picada. Essas expectativas não vão se revelar verdadeiras. O instituto é o problema? Eu acho que a PF fez esse acordo para provar que tinha poder de fazer».

Ele reconheceu que o caso Palocci foi uma «queda de braço» entre as equipes da PF e do MP e atacou a Polícia Federal: «(…) a porta da frente dos acordos sempre será o Ministério Público. A porta dos fundos é da PF. As pessoas irão à PF se não tiverem acordo conosco.» A declaração revela o estado de balbúrdia institucional da Lava Jato.

Na mesma entrevista, ele admitiu também que as delações de Delcídio do Amaral, decisiva para a campanha de ódio ao PT, e de Sérgio Machado, tinham graves defeitos: «Quando você faz com excesso de rapidez, corre o risco de fazer colaborações mal feitas. Delcídio, na minha opinião, quase nem se autoincrimina. A primeira coisa é o colaborador falar os crimes que cometeu. (…) No caso do Sérgio Machado, no final das contas, o principal sequer foi denunciado. Aquelas conversas supostamente com membros do Congresso e ex-parlamentares, que geraram até pedido de prisão no Supremo, sequer movimentaram uma denúncia. Aquela gravação era um bom início de negociação, mas não era um fim em si mesma. A gente tem que tomar muito cuidado com excesso de vontade de conseguir certos documentos, provas, gravações».

Leia íntegra da entrevista

aqui.

.

https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/363459/Procurador-da-Lava-Jato-admite-que-delação-de-Palocci-era-um-blefe.htm

 


 

Vídeo: Lula não pode mas o Beira Mar pode…

O presidente do STF, ministro Dias Gaspari Toffoli, além de garantir que a «redentora» – como dizia o Stanislaw Ponte Preta – de 1964 não foi «golpe», mas «movimento» movimentou-se em direção ao colega Luiz Moradia Fux e proibiu o Lula de dar entrevista.

Com isso os dois supremos ministros re-instalaram a censura prévia, que foi um dos instrumentos do movimento redentor de 1964. Mas, será que eles gostaram das entrevistas de outros insignes presos – como o Fernandinho Beira Mar, ao Roberto Cabrini? E se a Fel-lha quiser ferrar de vez o Haddad e pedir para entrevistar o Pulhocci? O que farão os movimentados ministros? É o que pergunta essa movimentada TV Afiada.

Vídeo: Inútil, a gente somos Inútil

.

https://br-channel.com/vision/lula-não-pode-mas-o-beira-mar-pode-zbgEEhvjSJc.html

También podría gustarte

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More