Brasil. Lewandowski manda PF obedecer STF! Florestan e Mônica entrevistam Lula.

Publicidad

 

Lula dará entrevista sem plateia!

O ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski desmontou o circo iniciado pela Polícia Federal, que abriu para uma plateia de jornalistas de diversos veículos a entrevista do ex-presidente Lula que seria exclusiva para Florestan Fernandes Jr., do El País, e Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, conforme havia sido determinado pelo STF. Confira aqui o despacho do ministro.

Lewandowski atendeu a um recurso apresentado pela defesa de Lula, que viu como «desrespeito» a decisão da Superintendência da Polícia Federal de Curitiba. Segundo texto publicado na página do ex-presidente, a decisão da PF «desrespeita o Supremo Tribunal Federal e o trabalho dos jornalistas e dos veículos de comunicação que há oito meses obtiveram autorização para entrevista na época das eleições».

Segundo reportagem do site Bem Paraná, após decisão do superintendente da PF em Curitiba Luciano Flores de Lima de abrir a entrevista, «a PF enviou e-mail convidando para um «pré-cadastro» apenas jornalistas pré-selecionados, como do site «O Antagonista». Repórteres de agências de notícias, como Reuters; e jornais como Le Monde, e diversos outros, acostumados a receber diariamente comunicados da PF, não foram convidados ao pré-cadastro».

«Questionada em grupos de Whatsapp mantidos pela PF desde o início da Operação Lava Jato em 2014, a assessoria da PF não se manifestou sobre os critérios de escolha para o convite. A maioria dos jornalistas não recebeu o e-mail», diz ainda a matéria. Confira abaixo o que diz o e-mail recebido por alguns repórteres selecionados pela Polícia Federal:

«Prezado(a), Não se tratará propriamente de uma coletiva de imprensa, porém, jornalistas pré cadastrados poderão participar da entrevista, embora só poderão realizar suas perguntas se autorizado pelo entrevistando Sr. Luís Inácio Lula da Silva. O pré cadastramento poderá ocorrer até às 17h de hoje, 25/04, por meio do endereço eletrônico da Comunicação Social da PF em Curitiba, xxxx@dpf.gov.br e xxx@dpf.gov.br A quantidade de jornalistas a participar da entrevista dependerá da logística interna e segurança orgânica institucional». Comunicação Social da Polícia Federal Superintendência Regional Curitiba – Paraná 41-3251-xxxx».

*******

Conversa Afiada

Depois da manobra da Polícia Federal para desrespeitar decisão do Supremo Tribunal Federal e obrigar Lula a dar entrevistas com «plateia», o Ministro Ricardo Lewandowski, do STF, restabeleceu a hierarquia em despacho na tarde desta quinta-feira, 25/IV.

Com isso, o Supremo assegura que só Florestan Fernandes, pelo El País Brasil, e Monica Bergamo, pela Folha, poderão entrevistar Lula nesta sexta, 26/IV – entrevistas exclusivas autorizadas há 8 meses pelo próprio STF, sem a presença de veículos e jornalistas destacadamente bolsonários:

Tendo chegado ao conhecimento deste Relator, por informação constante no documento eletrônico 51, que o Senhor Superintendente da Polícia Federal no Paraná, Delegado Luciano Flores Lima, por meio de despacho exarado no Processo 08385.013484/2018-29, autorizou que as entrevistas do ex-Presidente José Inácio Lula da Silva, atualmente sob sua custodia, asseguradas pelo Supremo Tribunal Federal, nas Reclamações. 31.965/PR e 32.035/PR, aos jornalistas Florestan Fernandes Júnior e Mônica Bergamo, marcadas pera o dia 26/04/19, sejam realizadas “na presença de outros jornalistas , além daqueles já nominados”, esclareço que a decisão da Corte restringe-se exclusivamente aos profissionais da imprensa supra mencionados, vedada a participação de quaisquer outras pessoas, salvo as equipes técnicas destes, sempre mediante a anuência do custodiado.

***

Antes o Conversa Afiada publicou:

PF desrespeita STF: Lula só dará entrevista com plateia!

O Conversa Afiada reproduz do site do Presidente Lula:

A Superintendência do Paraná da Polícia Federal tomou uma decisão nessa quinta-feira que desrespeita o Supremo Tribunal Federal, que deu ao ex-presidente Lula o direito de conceder entrevistas.

A decisão também desrespeita o trabalho dos jornalistas e dos veículos de comunicação que há oito meses obtiveram autorização para entrevista na época das eleições, ou seja, o El País e a Folha de S. Paulo, entrevistas que ficaram suspensas por oito meses devido a uma decisão liminar cassada na semana passada.

A Superitendência da Polícia Federal no Paraná determinou a constituição de uma plateia para jornalistas convidados por ela própria para assistir a entrevista sem direito de fazer perguntas. A decisão viola primeiro a decisão do Supremo, já que as entrevistas devem acontecer com anuência do ex-presidente, e também os jornalistas, a prática e a ética jornalística ao permitir que profissionais de outros veículos assistam entrevistas exclusivas para outras publicações e publiquem antes uma entrevista pela qual os outros veículos lutaram na justiça por meses.

O ex-presidente Lula encontra-se a disposição para dar entrevista para a Folha de S. Paulo e para o El País, conforme decisão obtida por eles junto ao Supremo Tribunal Federal.

Assessoria de imprensa do ex-presidente Lula

Fotoarte: » Mônica, Florestan,Lewandowski»

También podría gustarte

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More