Brasil. “A lata de lixo da história”

Publicidad

Florestan Fernandes Júnior-247

«Nos últimos dias o STF soltou da prisão a irmã e o primo de Aécio Neves, adiou o julgamento do pedido de prisão preventiva dele e entregou para Gilmar Mendes a relatoria de inquérito por suposto recebimento de dinheiro ilegal feito pela Odebrechet ao senador mineiro. Para fechar a semana, o presidente da Comissão de Ética do senado, João Alberto Souza, aliado de José Sarney, arquivou o pedido de cassação de Aécio por quebra de decoro parlamentar», lembrou o jornalista, no Facebook, em post intitulado «A lata de lixo da história«.

«Aécio não ser afastado do PSDB eu até entendo, afinal o senador é um arquivo vivo dos principais caciques do partido, mas qual o motivo para o STF ser tão condescendente com ele, mesmo depois da divulgação da gravação em que o senador pede e recebe a propina de 2 milhões de reais do dono da JBF?», questionou.

Aécio Neves foi gravado pedindo R$ 2 milhões ao dono da JBS, Joesley Batista, para supostamente pagar advogados. O dinheiro foi entregue a um primo do presidente do PSDB. Segundo a PF, que filmou a cena, o dinheiro foi depositado numa empresa do senador Zeze Perrella (PMDB-MG).

Andrea Neves, irmã do senador afastado, foi presa por ter pedido dinheiro ao empresário da JBS, Joesley Batista – em nome do irmão.

Frederico de Medeiros foi preso por ter recebido o dinheiro em nome de Aécio, cerca de R$ 2 milhões. Fred fez três viagens entre São Paulo e Minas Gerais para buscar três dos quatro lotes de R$ 500 mil prometidos por Joesley.

O tucano tratou a propina como venda de apartamento. «Foi proposta, em primeiro lugar, a venda ao executivo de um apartamento de propriedade da família. O delator propôs, entretanto, já atendendo aos interesses de sua delação, emprestar recursos lícitos provenientes de sua empresa, o que ocorreu sem qualquer contrapartida, sem qualquer ato que mesmo remotamente possa ser considerado ilegal ou mesmo que tenha qualquer relação com o setor público. Registre-se ainda que a intenção do senador sempre foi, quando da venda do apartamento, ressarcir o empresário», disse ele, em nota.

Ação contra a Lava Jato

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirma que tanto Michel Temer como o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) agiram «em articulação» para impedir o avanço da Lava Jato. «Verifica-se que Aécio Neves, em articulação, dentre outros, com o presidente Michel Temer, tem buscado impedir que as investigações da Lava Jato avancem, seja por meio de medidas legislativas, seja por meio de controle de indicação de delegados de polícia que conduzirão os inquéritos», afirma Janot.

No diálogo que teve com o empresário Joesley Batista, da JBS, Aécio sugeriu escolher os delegados da Polícia Federal para estancar a Operação Lava Jato. A conversa foi divulgada pelo BuzzFeed Brasil. Ele também chama o ministro da Justiça, Osmar Serraglio, de «bosta do caralho». Na conversa, Aécio aparentemente fica nervoso porque Serraglio não teria informações internas da Polícia Federal e, consequentemente, sobre a Lava Jato.

Ministro da Justiça é «um bosta de um caralho», diz Aécio.

Joesley — Esse é bom?

Aécio — Tá na cadeira (…). O ministro é um bosta de um caralho, que não dá um alô, peba, está passando mal de saúde pede pra sair. Michel tá doido. Veio só eu e ele ontem de São Paulo, mandou um cara lá no Osmar Serraglio, porque ele errou de novo de nomear essa porra desse (…). Porque aí mexia na PF. O que que vai acontecer agora? Vai vim um inquérito de uma porrada de gente, caralho, eles são tão bunda mole que eles não (têm) o cara que vai distribuir os inquéritos para o delegado. Você tem lá cem, sei lá, 2.000 delegados da Polícia Federal. Você tem que escolher dez caras, né?, do Moreira, que interessa a ele vai pro João.

Aécio também chama de «merda» o pacote das Dez Medidas Contra a Corrupção, proposta pelo Ministério Público ao Congresso e encabeçado pelo procurador Deltan Dallagnol.

Fotoarte: «Florestan Fernandes Júnior»

 

Publicidad

También podría gustarte

Publicidad

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. AcceptRead More