Publicado en: 24 abril, 2019

Brasil-Futebol-Racismo. Um racista na Vila Belmiro

Por  Altamiro Borges

Jornal ‘A Tribuna’da cidade de Santos confirmou que “Adilson Durante Filho entrou com pedido de renúncia do cargo de conselheiro do Santos Futebol Clube. Motivo:Racismo.

 

Racista do Santos F.C. pede afastamento

O jornal ‘A Tribuna’ confirmou neste sábado (20) que “Adilson Durante Filho entrou com pedido de renúncia do cargo de conselheiro do Santos Futebol Clube pelo triênio 2018 a 2020 e afastamento definitivo do quadro associativo do clube… 

 Ele teve um áudio vazado na última quinta-feira, no qual faz comentários com teor racista. Após o áudio circular pelas redes sociais, torcedores do Santos pediram por sua expulsão do clube. Adilson também ocupava o cargo de secretário-adjunto de Turismo da cidade de Santos [no litoral de São Paulo]. Inicialmente, ele pediu licença não remunerada. No entanto, na sexta-feira, a administração municipal confirmou a sua exoneração’.

No áudio que viralizou nas redes sociais, o sujeito elitista rosna seu preconceito racial – típico da cloaca burguesa com sua mentalidade escravocrata e da chamada “classe mérdia” com sua postura egoísta. Entre outros absurdos, ele afirma que não se deve confiar nos pardos: 

“Desses caras, tem que desconfiar de todos. Todos que tu conhecer. Essa cor é uma mistura de uma raça que não tem caráter. É verdade, isso é estudo. Todo pardo, todo mulato, tem que tomar cuidado… Estou dizendo mulato brasileiro, entendeu, dos pardos brasileiros. São todos mau caráter. Não tem um que não seja”.

Logo após o vazamento, a diretoria do Santos Futebol Clube divulgou uma nota oficial. Sem citar o caso nominalmente, ela afirma que o time “sempre foi um dos símbolos mais fortes do combate ao racismo” e manifesta “absoluto repúdio a qualquer forma de discriminação”.

Já o prefeito de Santos, o tucano Paulo Alexandre Barbosa, até vacilou na reação e somente pediu os “esclarecimentos devidos” ao seu secretário-adjunto. Na sequência, temendo maior desgaste de imagem, ele decidiu exonerar o racista.

Já o diretório municipal do PSD apressou-se em informar que Adilson Durante não integraria mais o partido, que é comandado nacionalmente pelo astuto e camaleônico Gilberto Kassab.

Foto do racista Adilson Durante Filho

.

https://altamiroborges.blogspot.com/2019/04/racista-do-santos-pede-afastamento.html?m=0&debug=true

 

COLABORA CON KAOS