Brasil. Fake news e Discurso de ódio-O cerco se fecha

O coração do bolsonarismo

Publicidad

Não haveria fascismo no Brasil sem fake news. Não haveria fascismo no Brasil sem discurso de ódio. Essas duas pontas do bolsonarismo foram duramente atingidas, nesta manhã, com a ação deflagrada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, que tem se destacado como uma das figuras centrais no combate ao autoritarismo.

O chamado “gabinete do ódio”, alvo dos mandados desta quarta-feira, reproduz um método desenvolvido pela extrema-direita nos Estados Unidos por dois inimigos da democracia: Roger Stone, ex-marqueteiro de Donald Trump, e Steve Bannon, que foi assessor do presidente estadunidense e fundador do site Breitbart.

Protagonista do documentário “Get me Roger Stone”, disponível na Netflix, o marqueteiro diz no filme que jamais se deve subestimar o poder da mentira e da ignorância. A mentira, quando atinge espíritos menos críticos, molda percepções equivocadas e alimenta o sentimento de ódio. E foi exatamente o ódio à política que abriu caminho para a ascensão de Trump, que prometia “drenar o pântano”, nos Estados Unidos, e de Jair Bolsonaro, o “mito” que supostamente estaria lutando contra o sistema no Brasil.

Sem a mentira que alimenta o ódio, Bolsonaro jamais teria se tornado presidente da República. E esse processo já era evidente quando o alvo prioritário do extremismo nas redes era o chamado campo progressista. Foi necessário que as ameaças se voltassem contra as instituições republicanas e as forças de centro-direita para que houvesse reação, mas antes tarde do que nunca.

O ponto fundamental do dia de hoje foi também a ação contra os prováveis financiadores do esquema de fake news na internet, que seriam empresários bolsonaristas, como os donos da Havan e da rede de academias Smart Fit. Se a investigação avançar, será possível encontrar provas cabais de manipulação eleitoral, abrindo espaço para a única saída democrática para o Brasil: a anulação da eleição presidencial de 2018, com a cassação da chapa Bolsonaro-Mourão.

 * Leonardo Attuch é jornalista e editor-responsável pelo 247, além de colunista das revistas Istoé e Nordeste.

.

https://www.brasil247.com/blog/alexandre-de-moraes-atingiu-o-coracao-do-bolsonarismo-fake-news-e-discurso-de-odio

 

********

 Ação do ministro Alexandre Moraes

 «Liberdade de Imprensa não é construída por robôs»

Declaração do ministro Moraes foi feita horas depois de a PF cumprir mandados de busca e apreensão relacionados ao inquérito das fake news, conduzido por ele no STF, que atingiu em cheio apoiadores de Jair Bolsonaro.”Gabinete do Ódio”.

 Não podemos aceitar as ameaças

 O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu nesta quarta-feira 27/V a liberdade de manifestação, mas ressaltou que as pessoas devem arcar com as consequências de seus atos.

«Não se pode censurar, restringir a liberdade de manifestação, de imprensa. Agora as pessoas devem arcar com as consequências de seus atos. Não é possível que novas formas de mídia se organizem de forma criminosa com finalidades de propagação de discursos racistas, discriminatórios, de ódio, contra a democracia e as instituições democráticas», disse Moraes durante seminário promovido pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji).

O magistrado também comentou as ameaças e agressões sofridas por jornalistas, ações que afetam a liberdade de imprensa e facilitam o acesso à população às fake news. «Se nós aceitarmos isso como normal, essas ameaças virtuais e presenciais, nós estamos abrindo mão da liberdade de imprensa», avaliou.

Para Moraes, a liberdade de imprensa não é construída por robôs. A declaração foi feita horas depois de a Polícia Federal cumprir mandados de busca e apreensão relacionados ao inquérito das fake news, conduzido por ele no STF, o que atingiu em cheio apoiadores de Jair Bolsonaro.

 

 * Conversa Afiada

.

https://www.conversaafiada.com.br/brasil/moraes-liberdade-de-imprensa-nao-e-construida-por-robos

 ********

 Ação do ministro Alexandre Moraes

 O cerco se fecha

Ministro Alexandre de Moraes (STF) sobre o Gabinete do Ódio: Há «real possibilidade» de associação criminosa.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou, na decisão que fundamentou a operação desta quarta-feira 27/V contra fake news, que as provas apontam para «real possibilidade» de associação criminosa envolvendo o chamado Gabinete do Ódio, ponto de sustentação do bolsonarismo.

«As provas colhidas e os laudos técnicos apresentados no inquérito apontaram para a existência de uma associação criminosa dedicada a disseminação de notícias falsas, ataques ofensivos a diversas pessoas, às autoridades e às Instituições, dentre elas o Supremo Tribunal Federal, com flagrante conteúdo de ódio, subversão da ordem e incentivo à quebra da normalidade institucional e democrática», escreveu o ministro.

Moraes afirmou que recebeu o relato de que “essa estrutura, aparentemente, está sendo financiada por um grupo de empresários que, conforme os indícios constantes dos autos, atuaria de maneira velada fornecendo recursos (das mais variadas formas), para os integrantes dessa organização”.

Para o ministro, há “sérias suspeitas de que integrariam esse complexo esquema de disseminação de notícias falsas por intermédio de publicações em redes sociais, atingindo um público diário de milhões de pessoas, expondo a perigo de lesão, com suas notícias ofensivas e fraudulentas, a independência dos poderes e o Estado de Direito”.

Segundo as apurações, “as postagens são inúmeras e reiteradas quase que diariamente”. “Há ainda indícios que essas postagens sejam disseminadas por intermédio de robôs para que atinjam números expressivos de leitores».

Com informações do G1

.

https://www.conversaafiada.com.br/brasil/moraes-sobre-o-gabinete-do-odio-ha-real-possibilidade-de-associacao-criminosa

 

PS do colaborador:

Urgente-Brasil registra otra jornada con más de 1.000 muertes por coronavirus y supera los 25.500 fallecidos. El Ministro de Salud reportó además un total de 411.821 infectados.  

Publicado: 27 may 2020 22:39 GMT

Fotoarte: “Ministro Moraes”

  

 

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More