Brasil: Entrevista da artista Fernanda Takai

Publicidad

“Acho a presidenta Dilma com uma idoneidade, fibra e inteligência incontestáveis. Mas ela não governa sozinha e há históricos problemas brasileiros que vinham engessados e causando uma sangria de recursos, ano após ano”

A cantora Fernanda Takai, vocalista da banda Pato Fu, tem demonstrado uma preocupação com o acirramento das discussões políticas no país, estimuladas segundo ela sobretudo pelas redes sociais. Na web, dia a artista, o debate é superficial.

Em entrevista ao Congresso em Foco, ela e sai em defesa da presidenta Dilma, que vive no começo de seu segundo mandato o seu pior momento, em meio a baixa popularidade e a ameaça de impeachment.

“O uso das redes sociais tem um aspecto muito positivo, que é o acesso imediato ao que acontece no Brasil e no mundo. Junto com essa avalanche de informações vêm as opiniões, claro. Só que muitas delas estão inflamadas pelo momento, sem o necessário aprofundamento dos temas. Acho que a grande maioria lê uma manchete e já sai atirando suas palavras de ódio ou amor”, avalia.

Fernanda admite ser admiradora de Dilma e diz que o futuro do país não pode ser tratado como folhetim: “Eu tenho um apreço enorme pela presidenta Dilma. Acho que é uma mulher com uma idoneidade, fibra e inteligência incontestáveis. Mas ela não governa sozinha e há históricos problemas brasileiros que vinham engessados e causando uma sangria de recursos, ano após ano”.

E continua: “O povo brasileiro precisa aprender que um país só se transforma a longo prazo, são processos complexos e não dá pra ser como uma novela: tá ruim a audiência, mata a personagem, encurta  a trama  e coloca outra história no lugar”, acrescenta.

 

Foto:Fernanda Takai 

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More