Brasil. Eleição já! O problema é o PT!

Publicidad

«Partidismo» do PT é o quanto pior melhor… de esquerda

 

A presidenta Dilma deve propor eleição já ou plebiscito – dá no mesmo – ANTES da segunda votação do impeachment no Senado.

(Não deixe de ler, aqui, também, o artigo de Haroldo Lima com a mesma tese.)

Porque tem a vantagem, inclusive, de mudar votos, já que, como diz o Requião, se a votação fosse hoje, com a sucessão de desastres e recuos do Traíra – o Boulos que o digao impeachment tinha ido para o brejo

(Embora, com o trem pagador que o Temer descarregou no Supremo e em todo o funcionalismo publico, o poder de fogo do Governo interino tenha aumentado tanto quanto diminuiu o do Meirelles…)

Por que essa ideia do Orlando – propor a eleição ANTES! – não contagiou ainda os que defendem a Dilma?

Em Brasília e nas ruas?

Porque o PT não deixa!

A essa altura, o PT congelou a proposta inevitável da eleição (ou plebiscito).

Uma proposta que a própria Dilma pode aceitar, se é que já não aceitou.

Desde que, como diz fonte do ansioso blogueiro, ela “seja instada” a aceitar, “para não desapontar” aqueles que, até aqui, querem que ela volte com todo os poderes até 2018.

Na semana passada, três emissários estiveram com o Presidente Lula.

O ansioso blogueiro soube que Lula topa: ela propor a eleição ANTES da segunda votação no senado.

Mas, depende dela e do PT – é o que se sabe da posição do Lula.

Sim, mas.

Mas, é por conta do Rui Falcão e do PT.

Falcão estaria numa intransigente posição “partidista”, como diz uma fonte.

Defender os interesses restritos do PT e ignorar o “panorama geral“.

O “panorama geral” é claro: em dois anos, o Traíra vende a Petrobrax à Chevron do Cerra; “foca” o Bolsa Família e joga as “cadelas” de volta à miséria; tira o salário mínimo dos proventos da aposentadoria; entrega o SUS aos planos de saúde que financiam seu ministro da (sic) Saúde; o Gatinho angorá e a Maria Silvia financiam as empresas de engenharia americanas que vão meter a mão na infra-estrutura; e o Cerra entra – sem sapatos – na TPP do Obama!

Em dois anos o Brasil vira do lado avesso – do lado errado!

E, qual seria a estratégia do PT, hoje?

Deixar o Temer se arrebentar para que o PT chegue a 2018 com uma narrativa eleitoral invencível: eu não disse?

É uma variante – de esquerda… – do “quanto pior melhor”…

O partidismo do PT imobiliza, por exemplo, a CUT.

Que, como o PT, não quer pedir eleições, porque seria uma forma de “legalizar” o Golpe?

Mas, como, “legalizar” o Golpe ?

Até a “Gazeta da Manhã”, de Pyongyang, já disse que foi Golpe!

Não há como “legalizar” o que foi Golpe!

O Golpe está dado!

E é preciso transformar a derrota em vitória.

Dar sentido politico à derrota!

Se o Temer não tem condições de governar, a Dilma também não!

Quem deve dizer quem vai governar é o eleitor!

Devolver o Brasil ao soberano: o povo!

Ou, para agradar o Rui Falcão: ao trabalhador!

PHA

Foto: Créditos: Capa da revista Piauí 117

 

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More