Brasil. A solidariedade do Papa Francisco no Vatican Insider

Publicidad

 

Papa Francisco telefona e conversa com mãe de Marielle


O Papa Francisco ligou nesta quarta-feira (21) para a mãe de Marielle Franco para prestar a sua solidariedade à vereadora do PSOL, assassinada em 14 de março. O crime provocou fortes protestos de denúncia e indignação em todo o Brasil.

«Francisco ligou para Marielle, mãe da vereadora do Partido Socialismo e Liberdade [PSOL], defensora dos direitos humanos e relatora da comissão responsável por investigar a Intervenção Militar no Rio de Janeiro, para comunicar seu afeto e solidariedade», publicou o Vatican Insider, site especializado em notícias do Vaticano.

De acordo com a publicação, o pontífice teria ligado à família da parlamentar executada após receber uma carta da filha de Marielle Franco.
A 5ª vereadora mais votada do Rio de Janeiro, Marielle Franco (PSOL), foi assassinada a tiros na noite de quarta-feira (15), no Centro da cidade. A principal linha de acusação da polícia é execução.

Marielle era uma das relatoras de uma comissão criada em fevereiro para monitorar a operação das Forças Armadas na segurança pública do Rio de Janeiro. A denúncia da violência policial nas favelas e a defesa dos direitos humanos eram alguns dos temas de maior atuação de vereadora.

 

Fotoarte: Anielle, a sobrinha Luyara, a mãe Marinete e Marielle

 

.

https://br.sputniknews.com/brasil/2018032110796196-papa-marielle-franco-assassinato/

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More