A radiografia do golpe no Brasil

Publicidad

No calor do momento em que o Senado decide em definitivo sobre o impeachment, o livro descreve e analisa não só o dia a dia do processo que levou à derrubada da presidente Dilma Rousseff e seu governo democraticamente eleito, como esclarece as pré-condições do golpe deflagrado em 2016. Na síntese do autor: o objetivo é permitir ao leitor entender “como e por que foi enganado”.


O afastamento da presidente em maio deste ano significou, segundo ele, o ápice de um cerco sem precedentes na história recente do país: um ataque jurídico, político e midiático contra a hegemonia política e ideológica iniciada no primeiro governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O objetivo real, no entanto, nada teve de novo em relação a todos os outros golpes de Estado praticados no passado nacional: atender a interesses financeiros e políticos da pequena elite do dinheiro.

O núcleo de toda a fraude da elite do dinheiro – “que faz os outros de tolos”, na explicação do sociólogo – é o tema da corrupção seletiva. A história do Brasil tem visto uma sequência de golpes de Estado que usaram a corrupção como mote. A razão é simples: ela se presta sem esforço a ser tomada arbitrariamente como arma seletiva contra o inimigo político de ocasião. Foi a partir dessa combinação pouco perceptível para a maioria da população que se montou o golpe de 2016, escreve Jessé Souza.

A construção da corrupção como “direito contra o inimigo”, a classe média, as manifestações de junho de 2013, o racismo de classe, a Operação Lava Jato, a grande imprensa e os riscos e oportunidades para a democracia são alguns dos temas explorados no livro.

Numa obra voltada para o grande público, sem termos técnicos e maneirismos costumeiramente usados para afastar o público não-especializado, Jessé Souza analisa o discurso moralista de ocasião, a demonização do Estado e das políticas sociais e os reais interesses corporativos e mesquinhos por trás da fraude, sempre encobertos e nunca admitidos. O autor, no entanto, evita a fulanização do debate para analisar a derrubada, conduzida por um pretexto, segundo ele, ridículo e descabido.

História e atualidade, bem como críticas à esquerda e à direita, caminham juntas em A radiografia do golpe, um instrumento para compreender não só o Brasil de hoje como a forma e o peso da repetição e do atraso que envenenaram os esforços de desenvolvimento socioeconômico do Brasil.

O autor

Jessé Souza, 56 anos, fez graduação em direito e mestrado em sociologia na UnB, e doutorado em sociologia na Universidade de Heidelberg, Alemanha. Foi livre-docente na Universidade de Flensburg, Alemanha. É autor principal de 24 livros e de mais de cem artigos e capítulos de livros em vários idiomas. Coordenou diversas pesquisas empíricas de amplitude nacional sobre as classes sociais no Brasil. Foi presidente do Ipea entre 2015 e 2016. Atualmente é professor titular de ciência política da UFF.

Serviço:

«A radiografia do golpe»-Entenda como e por que você foi enganado
Autor: Jessé Souza

PS do colaborador:

Fotoarte:»Jessé»

 blog Cafezinho

También podría gustarte

Los comentarios están cerrados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More