12 de Agosto: XXXIV aniversário do assassinato de Moncho Reboiras

…&nbsp no XXXIV Aniversário da sua queda em combate sob as balas fascistas da polícia espanhola naquele Verao de 1975 na Rua da Terra.

O jovem revolucionário foi um dos principais impulsionadores da luita pola libertaçom nacional, pioneiro da organizaçom sindical de classe em chave nacional, dirigente comunista e responsável da frente armada da UPG. Moncho Reboiras foi um exemplo de coerência revolucionária e atitude combativa até a sua morte.&nbsp &nbsp Em palavras de&nbsp &nbsp Bertolt Brecht, Reboiras é um “dos imprescindíveis”.

Trinta e quatro anos depois, a mesma polícia fascista que assassinou Moncho espanca operários do metal em Vigo e reprime a juventude independentista no nosso Dia nacional. Porque trinta e quatro anos depois, muitas cousas nom mudárom, falar de Moncho é falar de presente e o seu projecto revolucionário continua mais vigente do que nunca.

Por isso, a esquerda independentista organizada em NÓS-Unidade Popular convoca para a próxima quarta-feira, 12 de Agosto, às 20.30, umha concentraçom na Rua da Terra de Ferrol, em frente da porta onde caia o patriota galego. Além da tradicional oferta floral, intervirám o Porta-Voz Nacional de NÓS-UP Maurício Castro e Carlos Garcia, Responsável do Grupo de Base de Trasancos da organizaçom juvenil BRIGA.

NOTICIAS ANTICAPITALISTAS